Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Aliens in America - Raja no SBT

Iniciou no dia 15 de dezembro no SBT uma série bastante interessante pra quem gosta de analisar o comportamento da família americana: o seriado Raja, produzido pela Warner, originalmente chamado "Aliens In America".

O seriado conta a história do adolescente Justin, que vivia triste por ser tímido e não ter amigos na escola. Sua mãe, tentando ajudar Justin a se socializar, entra em contato com o sistema de Migração americana pedido estadia para alguim jovem imigrante, imaginando que viria algum jovem britânico bem social e que ajudaria Justin a ser bem visto na escola. Mas um erro da Migração acaba por enviar a família um jovem paquistanês muçulmano, chamado Raja.

O seriado gira em torno das diferenças vividas pela família americana, acostumada a viver de acordo com o padrão de vida a mericano e que agora tem de conviver com uma cultura tão iferente, religião diferente, e logo uma religião que foi responsável pelos terríveis ataques do 11 de setembro.


Comportamento, tradições, fé, adolescência, paixões, são alguns dos temas que pode se ver no seriado, que tem rendido avice-liderança absoluta às tardes do SBT.

O SBT tem vários seriados americanos muito bons, como Raja. "As Novas Aventuras de Christinne", "Ugly Betty", "Arquivo Morto" e outras.

Pena que o SBT não saiba usar melhor seus próprios produtos...



.

Aliens in America - Raja no SBT

Iniciou no dia 15 de dezembro no SBT uma série bastante interessante pra quem gosta de analisar o comportamento da família americana: o seriado Raja, produzido pela Warner, originalmente chamado "Aliens In America".

O seriado conta a história do adolescente Justin, que vivia triste por ser tímido e não ter amigos na escola. Sua mãe, tentando ajudar Justin a se socializar, entra em contato com o sistema de Migração americana pedido estadia para alguim jovem imigrante, imaginando que viria algum jovem britânico bem social e que ajudaria Justin a ser bem visto na escola. Mas um erro da Migração acaba por enviar a família um jovem paquistanês muçulmano, chamado Raja.

O seriado gira em torno das diferenças vividas pela família americana, acostumada a viver de acordo com o padrão de vida a mericano e que agora tem de conviver com uma cultura tão iferente, religião diferente, e logo uma religião que foi responsável pelos terríveis ataques do 11 de setembro.


Comportamento, tradições, fé, adolescência, paixões, são alguns dos temas que pode se ver no seriado, que tem rendido avice-liderança absoluta às tardes do SBT.

O SBT tem vários seriados americanos muito bons, como Raja. "As Novas Aventuras de Christinne", "Ugly Betty", "Arquivo Morto" e outras.

Pena que o SBT não saiba usar melhor seus próprios produtos...



.

O que é o Natal?



Para o comércio, tempo de vendas gigantescas. Para as pessoas, tempo de presentear e de ganhar presentes. Ou tempo de comer panettone e chester. Para muitos trabalhadors de rua, como lixeiros, medidores de luz e etc, tempo de ganhar caixinha de natal. Para os assalariados, tempo de 13° salário. Para os patrões, tempo de pagar tudo dobrado. Para meus colegas publicitários, tempo de realizar campanhas milionárias de natal para incentivar vendas. Para os velhos barbudos barrigudos, tempo de fazer um "bico" de Papai Noel nos shoppings. Para a TV, tempo de fazer especiais de Natal, filmes de Jesus e Maria, ou da Xuxa. Para os fabricantes de chocolate, tempo de elaborar os mais diferentes tipos de panettones. E tempo de fazer muita coisa que eu não esteja lembrando agora.

Mas, o que é o Natal? Pra que o dia 25 de dezembro foi considerado especial? Dizem que é o nascimento de Jesus. Aí alguns já corrigem: não, é uma data simbólica, Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro. Alguns dizem que Jesus deve ter nascido entre os meses de abril e junho, época de verão em Nazaré, quando os "pastores estão no campo, apascentando ovelhas". E o que muda? O Natal é comemorado no dia 25 e pronto! Mas para que?

E quem é esse tal Jesus, para que todos comemorem seu nascimento? Jesus foi o precursor da religião que hoje se conhece como Cristianismo. Sua mensagem deu a base para que a Igreja Cristã se formasse, anos depois de sua morte. Mas ele era mais que um líder. Ele era o Deus Encarnado entre os seres humanos.

Veio ao mundo para anunciar que Deus não queria mais sacrifício de bodes e ovelhas para que o homem se achegasse à Ele. Que Deus queria, na verdade, corações puros e de boas intenções, ao invés de pessoas que simplesmente sacrificavam uma animal e "acertavam suas contas" com o Divino, como quem diz: "Pronto! Já sacrifiquei meu cordeiro, agora estou quites com Jeová!" Ele não queria mais os rituais judaicos tão defendidos na época, queria abrir o caminho, simplificar e ao mesmo tempo complicar, pois agora o que valeria para Deus seria o coração, e não mais um bode expiatório. Para isso Jesus veio ao mundo. E o seu nascimento milagroso, através de uma mulher que nunca havia feito relações sexuais e, mesmo assim, estava grávida, era o marco inicial de todo esse trabalho: anunciar que Deus queria mudar tudo. Que Deus queria escrever uma nova forma de adoração. E essa nova forma deu início ao Cristianismo

Esquecer o motivo do nascimento de Jesus torna o Natal vazio, sem motivos. Torna apenas uma data apenas para se dar presetnes, e isso se pode fazer a qualquer dia, não é necessário esperar o Natal.

Com esse sentimento, quero desejar a todos meus amigos que tem me acompanhado um FELIZ NATAL, com muita paz, e que, pelo menos alguns dos preceitos ensinados por esse nazareno estejam presentes no nosso coração, que alguns desss preceitos possm nos servir como base para levar a vida afrente.

Forte abraço a todos!

O que é o Natal?



Para o comércio, tempo de vendas gigantescas. Para as pessoas, tempo de presentear e de ganhar presentes. Ou tempo de comer panettone e chester. Para muitos trabalhadors de rua, como lixeiros, medidores de luz e etc, tempo de ganhar caixinha de natal. Para os assalariados, tempo de 13° salário. Para os patrões, tempo de pagar tudo dobrado. Para meus colegas publicitários, tempo de realizar campanhas milionárias de natal para incentivar vendas. Para os velhos barbudos barrigudos, tempo de fazer um "bico" de Papai Noel nos shoppings. Para a TV, tempo de fazer especiais de Natal, filmes de Jesus e Maria, ou da Xuxa. Para os fabricantes de chocolate, tempo de elaborar os mais diferentes tipos de panettones. E tempo de fazer muita coisa que eu não esteja lembrando agora.

Mas, o que é o Natal? Pra que o dia 25 de dezembro foi considerado especial? Dizem que é o nascimento de Jesus. Aí alguns já corrigem: não, é uma data simbólica, Jesus não nasceu no dia 25 de dezembro. Alguns dizem que Jesus deve ter nascido entre os meses de abril e junho, época de verão em Nazaré, quando os "pastores estão no campo, apascentando ovelhas". E o que muda? O Natal é comemorado no dia 25 e pronto! Mas para que?

E quem é esse tal Jesus, para que todos comemorem seu nascimento? Jesus foi o precursor da religião que hoje se conhece como Cristianismo. Sua mensagem deu a base para que a Igreja Cristã se formasse, anos depois de sua morte. Mas ele era mais que um líder. Ele era o Deus Encarnado entre os seres humanos.

Veio ao mundo para anunciar que Deus não queria mais sacrifício de bodes e ovelhas para que o homem se achegasse à Ele. Que Deus queria, na verdade, corações puros e de boas intenções, ao invés de pessoas que simplesmente sacrificavam uma animal e "acertavam suas contas" com o Divino, como quem diz: "Pronto! Já sacrifiquei meu cordeiro, agora estou quites com Jeová!" Ele não queria mais os rituais judaicos tão defendidos na época, queria abrir o caminho, simplificar e ao mesmo tempo complicar, pois agora o que valeria para Deus seria o coração, e não mais um bode expiatório. Para isso Jesus veio ao mundo. E o seu nascimento milagroso, através de uma mulher que nunca havia feito relações sexuais e, mesmo assim, estava grávida, era o marco inicial de todo esse trabalho: anunciar que Deus queria mudar tudo. Que Deus queria escrever uma nova forma de adoração. E essa nova forma deu início ao Cristianismo

Esquecer o motivo do nascimento de Jesus torna o Natal vazio, sem motivos. Torna apenas uma data apenas para se dar presetnes, e isso se pode fazer a qualquer dia, não é necessário esperar o Natal.

Com esse sentimento, quero desejar a todos meus amigos que tem me acompanhado um FELIZ NATAL, com muita paz, e que, pelo menos alguns dos preceitos ensinados por esse nazareno estejam presentes no nosso coração, que alguns desss preceitos possm nos servir como base para levar a vida afrente.

Forte abraço a todos!

Pérolas de crentes



E enquanto as igrejas dos crentes vão ficando cada vez mais bonitas, os próprios crentes vão ficando cada vez mais ignorantes.


Há alguns dias, postei algo aqui sobre as mensagens dos crentes de periferia, que nem sabem o que estão falando.


Depois do irmãozinho que disse que Deus não faz "assepsia" de pessoas (talvez ele queria dizer que Deus não faz "acepção"), li outro que disse que Jesus é o Autor e "Consumidor" da nossa fé (Acho que ele quis dizer que Jesus é o "Consumador", aquele que consuma, que conclui)...
E eles ainda se dizem "donos da Verdade". Tsc, tsc.
.

Pérolas de crentes



E enquanto as igrejas dos crentes vão ficando cada vez mais bonitas, os próprios crentes vão ficando cada vez mais ignorantes.


Há alguns dias, postei algo aqui sobre as mensagens dos crentes de periferia, que nem sabem o que estão falando.


Depois do irmãozinho que disse que Deus não faz "assepsia" de pessoas (talvez ele queria dizer que Deus não faz "acepção"), li outro que disse que Jesus é o Autor e "Consumidor" da nossa fé (Acho que ele quis dizer que Jesus é o "Consumador", aquele que consuma, que conclui)...
E eles ainda se dizem "donos da Verdade". Tsc, tsc.
.

Céu cor de rosa


"Primeiro, as cores.
Depois, os humanos.
Em geral, é assim que vejo as coisas.
Ou, pelo menos, é o que tento."

( A Menina que Roubava Livros)


Era assim que estava o céu hoje às 20:00, onde moro. Achei muito interessante o céu rosado, coisa difícil de se ver.

Lembrei-me da descrição da narradora Morte, no livro "A Menina Que Roubava Livros". Segundo ela, o céu testemunha cada situação da vida com uma cor diferente. Durante as guerras nazistas, cada cor da bandeira de Hitler representavam uma cor do céu, que por sua vez representavam cada situação do país. Durante os tiroteios, bombas estourando por todos os lados, o céu se tingia de preto. Na esperança de alemães pobres que nem sabiam o que se passava direito, havia um céu branco como a neve que caía no país. E enquanto vidas eram ceifadas, enquanto pessoas morriam sem nem saber porque, o céu era tomado por uma cor vermelha sangue. Talvez o vermelho sangue dos inocentes que morriam de graça.

O céu do início da noite de hoje foi tingido por uma cor rosada muito linda. Me senti bem ao ver, pela janela do quarto, a cor rosa atravessando as nuvens. Me fez sentir bem. Me fez sentir a beleza do que ainda não pode ser destruído pela ganância humana: a cor. A cor nas nuvens.

Quem sabe o céu rosa de hoje não estava sendo testemunha de algo bom que acontecia no bairro? Se for isso, daqui a alguns dias devo ficar sabendo...



.

Céu cor de rosa


"Primeiro, as cores.
Depois, os humanos.
Em geral, é assim que vejo as coisas.
Ou, pelo menos, é o que tento."

( A Menina que Roubava Livros)


Era assim que estava o céu hoje às 20:00, onde moro. Achei muito interessante o céu rosado, coisa difícil de se ver.

Lembrei-me da descrição da narradora Morte, no livro "A Menina Que Roubava Livros". Segundo ela, o céu testemunha cada situação da vida com uma cor diferente. Durante as guerras nazistas, cada cor da bandeira de Hitler representavam uma cor do céu, que por sua vez representavam cada situação do país. Durante os tiroteios, bombas estourando por todos os lados, o céu se tingia de preto. Na esperança de alemães pobres que nem sabiam o que se passava direito, havia um céu branco como a neve que caía no país. E enquanto vidas eram ceifadas, enquanto pessoas morriam sem nem saber porque, o céu era tomado por uma cor vermelha sangue. Talvez o vermelho sangue dos inocentes que morriam de graça.

O céu do início da noite de hoje foi tingido por uma cor rosada muito linda. Me senti bem ao ver, pela janela do quarto, a cor rosa atravessando as nuvens. Me fez sentir bem. Me fez sentir a beleza do que ainda não pode ser destruído pela ganância humana: a cor. A cor nas nuvens.

Quem sabe o céu rosa de hoje não estava sendo testemunha de algo bom que acontecia no bairro? Se for isso, daqui a alguns dias devo ficar sabendo...



.

Pág. 1/5

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub