Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Não poder sentir dó

Já teve o horrível sentimento de não poder sentir dó?

Conviver lado a lado com uma pessoa que depende totalmente de apoio, que mal consegue se movimentar sozinha, que não cozinha, mas quando você tenta ajudar leva as piores pedradas?

Ao mesmo tempo ter vontade de ajudar numa possível recuperação, das distração e um pouquinho de alegria, mas quando você nem bem se aproxima, essa pessoa só falta te bater?

Isso é horrível, ver uma pessoa morrer sozinha e rejeitar ajuda por completo.

Dizem que está "pagando" pela pessoa que foi quando jovem. E, apesar de não crer nessas coisas, as vezes sou forçado a acreditar...


.

Não poder sentir dó

Já teve o horrível sentimento de não poder sentir dó?

Conviver lado a lado com uma pessoa que depende totalmente de apoio, que mal consegue se movimentar sozinha, que não cozinha, mas quando você tenta ajudar leva as piores pedradas?

Ao mesmo tempo ter vontade de ajudar numa possível recuperação, das distração e um pouquinho de alegria, mas quando você nem bem se aproxima, essa pessoa só falta te bater?

Isso é horrível, ver uma pessoa morrer sozinha e rejeitar ajuda por completo.

Dizem que está "pagando" pela pessoa que foi quando jovem. E, apesar de não crer nessas coisas, as vezes sou forçado a acreditar...


.

Logo passa

Hoje acordei com vontade de mudar o mundo.

Fiquei com vontade de pensar em medidas que beneficiariam os menos favorecidos, ao mesmo tempo que que os faria ver que não são coitadinhos, que tem a mesma chance que outros.

Pensei em fazer algo para diminuir a poluição do planeta, como coleta seletiva do lixo, como descarte de pilhas e baterias em escolas públicas, em parceria com cooperativas.

Pensei em medidas de saúde pública e prevenção de gravidez indesejada, como palestras com amigos farmacêuticos em escolas públicas sobre primeiros socorros, DTS, métodos contraceptivos, e até mesmo distribuição de camisinhas em escolas, em parceria com os postos de saúde da região, ou quem sabé distribuir até anticincepcionais, tudo isso para evitar que meninas jovens sejam mães precocemente sem nenhum prepraro psicológicoe financeiro pra isso.

Ou quem sabe palestras sobre primeiro emprego, como se portar em entrevista, como agir corretamente, boas maneiras (é, elas não aprendem isso em casa).

Fiquei com vontade de entrar na política para representar a cidade como um todo, não apenas os menos ou os mais favorecidos. Queria poder resolver os problemas de habitação, principalmente dos que vivem em situação de emergência, em barrancos ou favelas, dando não apenas um mísero cheque-despejo, mas criando um serviço de habitação provisória, até que a pessoa consiga se virar com seu "cheque". Ou talvez pensar na reurbanização e repovoamento do centro da cidade, já que há 420 mil imóveis abandonados no centro, o que seria o dobro do suficiente pra resolver o problema de falta de habitação de SP. Repovoando o centro poderíamos esvaziar as favelas da capital, diminuir as distâncias casa X trabalho, incentiváriamos o comércio na região central, além fazer com que os paulistanos tenham mais contatos com a história e SP, tão presente no centro.

Fiquei com vontade de fazer com que as pessoas não tenham tanto stress durante o dia, tornando o dia a dia (tem hífen ou não?) delas mais agradável, como por exemplo humoristas nos faróis, abraçar todo mundo nos grandes polos comerciais da capital.

Se eu pudesse, pensaria num programa de distribuição de renda na cidade, mas não como o Bolsa-Família, com objetivos unicamente eleitorais, mas em um sistema onde os beneficiados teriam que prestar conta todos os meses de sua condição de emprego, e onde receberiam formação profissional pra qualquer área, para assim voltar ao mercado de trabalho. Além disso, o programa incentivaria jovens em idade escolar a não faltar na escola, e premiar os que tem boas notas escolares, com presentes - e não dinheiro - exclusivamente para as crianças.

Acordei com vontade de mudar o mundo mas, como sei que isso é impossível, espero que passe logo.


.

Logo passa

Hoje acordei com vontade de mudar o mundo.

Fiquei com vontade de pensar em medidas que beneficiariam os menos favorecidos, ao mesmo tempo que que os faria ver que não são coitadinhos, que tem a mesma chance que outros.

Pensei em fazer algo para diminuir a poluição do planeta, como coleta seletiva do lixo, como descarte de pilhas e baterias em escolas públicas, em parceria com cooperativas.

Pensei em medidas de saúde pública e prevenção de gravidez indesejada, como palestras com amigos farmacêuticos em escolas públicas sobre primeiros socorros, DTS, métodos contraceptivos, e até mesmo distribuição de camisinhas em escolas, em parceria com os postos de saúde da região, ou quem sabé distribuir até anticincepcionais, tudo isso para evitar que meninas jovens sejam mães precocemente sem nenhum prepraro psicológicoe financeiro pra isso.

Ou quem sabe palestras sobre primeiro emprego, como se portar em entrevista, como agir corretamente, boas maneiras (é, elas não aprendem isso em casa).

Fiquei com vontade de entrar na política para representar a cidade como um todo, não apenas os menos ou os mais favorecidos. Queria poder resolver os problemas de habitação, principalmente dos que vivem em situação de emergência, em barrancos ou favelas, dando não apenas um mísero cheque-despejo, mas criando um serviço de habitação provisória, até que a pessoa consiga se virar com seu "cheque". Ou talvez pensar na reurbanização e repovoamento do centro da cidade, já que há 420 mil imóveis abandonados no centro, o que seria o dobro do suficiente pra resolver o problema de falta de habitação de SP. Repovoando o centro poderíamos esvaziar as favelas da capital, diminuir as distâncias casa X trabalho, incentiváriamos o comércio na região central, além fazer com que os paulistanos tenham mais contatos com a história e SP, tão presente no centro.

Fiquei com vontade de fazer com que as pessoas não tenham tanto stress durante o dia, tornando o dia a dia (tem hífen ou não?) delas mais agradável, como por exemplo humoristas nos faróis, abraçar todo mundo nos grandes polos comerciais da capital.

Se eu pudesse, pensaria num programa de distribuição de renda na cidade, mas não como o Bolsa-Família, com objetivos unicamente eleitorais, mas em um sistema onde os beneficiados teriam que prestar conta todos os meses de sua condição de emprego, e onde receberiam formação profissional pra qualquer área, para assim voltar ao mercado de trabalho. Além disso, o programa incentivaria jovens em idade escolar a não faltar na escola, e premiar os que tem boas notas escolares, com presentes - e não dinheiro - exclusivamente para as crianças.

Acordei com vontade de mudar o mundo mas, como sei que isso é impossível, espero que passe logo.


.

Desligue a Globo e assista Fernanda takai

Se você está em São Paulo, desligue a TV da rede Globo e conecte a TV Cultura (Canal 2 de SP) para assistir um especial com Fernanda Takai.

Além de cantar suas músicas incríveis (como Trevo de 4 Folhas, Seja o Meu Céu e etc), ela conta um puco de sua história, alem de cantasr as músicas da sempre gloriosa Nara Leão.

Vale a pena ver, no programa "Ensaios", da tão desprezada TV Cultura.

Desligue a Globo e assista Fernanda takai

Se você está em São Paulo, desligue a TV da rede Globo e conecte a TV Cultura (Canal 2 de SP) para assistir um especial com Fernanda Takai.

Além de cantar suas músicas incríveis (como Trevo de 4 Folhas, Seja o Meu Céu e etc), ela conta um puco de sua história, alem de cantasr as músicas da sempre gloriosa Nara Leão.

Vale a pena ver, no programa "Ensaios", da tão desprezada TV Cultura.

Miss Hispano-Americana é brasileira


Depois que a miss hispano-americana Laura Zuniga, mexicana, foi presa em dezembro do ano passado, com 7 homens armado até os dentes, a coroa foi para a brasileira Vivian Noronha. Ela recebeu a coroa ontem, dia 27, em Santa Cruz, Bolívia.


Ela havia sido a segunda colocada no concurso, que, apesar de ser "hispano", tinha uma brasileria concorrendo. E uma brasileira lindíssima, por sinal.


Fala sério, as latinas são lindas! PQP!

Miss Hispano-Americana é brasileira


Depois que a miss hispano-americana Laura Zuniga, mexicana, foi presa em dezembro do ano passado, com 7 homens armado até os dentes, a coroa foi para a brasileira Vivian Noronha. Ela recebeu a coroa ontem, dia 27, em Santa Cruz, Bolívia.


Ela havia sido a segunda colocada no concurso, que, apesar de ser "hispano", tinha uma brasileria concorrendo. E uma brasileira lindíssima, por sinal.


Fala sério, as latinas são lindas! PQP!

"Pornô vegetal" foi vetado pela NBC


A rede americana de televisão NBC vetou um comercial do grupo PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), grupo de proteção aos animais. O comercial, intitulado "Veggie Love", mostra os benefícios de uma alimentação vegetariana. Mostra modelos lindas e sensuais em cenas eróticas com vegetais, anunciando que "vegetais dão melhor desempenho sexual".

A NBC rejeitou o comercial por dizer estar fora dos padrões da emissora, e disse que pode vir a veicular o comercial, desde que sejam cortadas as cenas "com modelos lambendo berinjelas" ou "apalpando os seios enquanto comem brócolis".

Se um comercial desses fosse veiculado por aqui... meu Deus.

Veja aqui o comercial da PETA que gerou repercussão nos EUA.

Tá certo que os vegetais dão melhor desempenho sexual, mas mostrar mulheres se masturbando com legumes, acho que isso é demais!


.

"Pornô vegetal" foi vetado pela NBC


A rede americana de televisão NBC vetou um comercial do grupo PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), grupo de proteção aos animais. O comercial, intitulado "Veggie Love", mostra os benefícios de uma alimentação vegetariana. Mostra modelos lindas e sensuais em cenas eróticas com vegetais, anunciando que "vegetais dão melhor desempenho sexual".

A NBC rejeitou o comercial por dizer estar fora dos padrões da emissora, e disse que pode vir a veicular o comercial, desde que sejam cortadas as cenas "com modelos lambendo berinjelas" ou "apalpando os seios enquanto comem brócolis".

Se um comercial desses fosse veiculado por aqui... meu Deus.

Veja aqui o comercial da PETA que gerou repercussão nos EUA.

Tá certo que os vegetais dão melhor desempenho sexual, mas mostrar mulheres se masturbando com legumes, acho que isso é demais!


.

Pág. 1/6

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub