Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

A Hora do Planeta

Hoje vários países do mundo participam da "Hora do Planeta", um movimento símbolo contra o desperdício de energia. Cartões postais no mundo inteiro apagarão suas luzes por uma hora, entre 20:30 e 21:30. Em São Paulo, monumentos importantes como a Ponte Estaiada e o MOnumento às Bandeiras apagarão suas luzes.

Vamos participar, apagando as luzes de casa por uma hora. 60 minutos sem luz não vão nos fazer falta, mas podem mudar muita coisa.

A Hora do Planeta

Hoje vários países do mundo participam da "Hora do Planeta", um movimento símbolo contra o desperdício de energia. Cartões postais no mundo inteiro apagarão suas luzes por uma hora, entre 20:30 e 21:30. Em São Paulo, monumentos importantes como a Ponte Estaiada e o MOnumento às Bandeiras apagarão suas luzes.

Vamos participar, apagando as luzes de casa por uma hora. 60 minutos sem luz não vão nos fazer falta, mas podem mudar muita coisa.

Tempos Urbanos Diversos

A exposição "Tempos Urbanos Diversos" apresenta registros de edificações projetadas por Prestes Maia e focaliza marcos arquitetônicos do bairro de Santo Amaro, com destaque para o entorno da Biblioteca Prestes Maia, desde sua construção, nos anos 60, até hoje.

A mostra proporciona uma visita ao gabinete do ex-prefeito, com móveis da época, permitindo conhecer o acervo que pertenceu a ele, bem como o acervo temático em arquitetura e urbanismo adquirido pela biblioteca no ano passado.

O Que: Tempos Urbanos Diversos

Quanto: grátis

Quando: Até dia 02/05, com das 09:00 às 16:00 nos sábados e das 08:00 às 17:00 nos domingos

Onde: Biblioteca Pública Prestes Maia: Av. João Dias, 822. Santo Amaro, zona sul SP. Tel. (11) 5687-0513.

Tempos Urbanos Diversos

A exposição "Tempos Urbanos Diversos" apresenta registros de edificações projetadas por Prestes Maia e focaliza marcos arquitetônicos do bairro de Santo Amaro, com destaque para o entorno da Biblioteca Prestes Maia, desde sua construção, nos anos 60, até hoje.

A mostra proporciona uma visita ao gabinete do ex-prefeito, com móveis da época, permitindo conhecer o acervo que pertenceu a ele, bem como o acervo temático em arquitetura e urbanismo adquirido pela biblioteca no ano passado.

O Que: Tempos Urbanos Diversos

Quanto: grátis

Quando: Até dia 02/05, com das 09:00 às 16:00 nos sábados e das 08:00 às 17:00 nos domingos

Onde: Biblioteca Pública Prestes Maia: Av. João Dias, 822. Santo Amaro, zona sul SP. Tel. (11) 5687-0513.

Vizinhos de uma bomba

Já pensou você morar num bairro comum, residencial, periferia, cheio de gente, casas e etc e tals, e dividir muro de csa com uma bomba? Isso acontecia e acontece em Diadema, em São Paulo. Uma fábrica, depósito ou sabe-se lá o que, explode e espalha fogo por todo o bairro. Acaba com quase um quarteirão. Vários latões com material inflamável explodiram e foram arremessados bairro fora. E vem o advogado da empresa e diz que talvez o fogo "nem tenha começado lá".

Uma série de irresponsabilidades: do advogado, que ao invés de buscra contar os prejuízos e oferecer apoio, ou pelo menos sua presença aos prejudicados, ainda tem a cara de pau de se eximir da culpa. Da empresa, que mantém uma empresa daquele porte, com tanto material perigoso, num espaço fisíco tão pequeno. Mas principalmente da prefeitura de Diadema, que dá licença para uma empresa de materiais tão perigosos funcionar num bairro totalmente residencial, em uma rua de ladeira, onde facilmene um material pode ecsorrer e se espalhar por outras ruas. Os proprietários da empresa diziam se tratar de refino de material de limpeza. E onde está a fiscalização dessa prefeitura que não sabia que lá funcionava uma empresa tão perigosa como essa? Com materiais qúimicos tão fortes, num espaço tão pequeno num bairro tão povoado?

Mas quem conhece Diadema sabe que a Diall Produtos Químicos não é a única empresa em bairro residencial. Basta caminhar pelas ruas da periferia diademense pra se ver diversas indústrias, sempre de materiais pesados ou perigosos, funcionando lado a lado com casas, escolas, comércios pequenos. Ou seja, os diademenses são vizinhos de bombas.

Quando será que vão entender que bairro residencial é residencial? Imagine alguém querer morar na Av. Paulista, aqui em SP! Impossível, pois a Paulista é uma avenida totalmente comercial. Assim deve ser dividida uma cidade, em bairro residenciais, comerciais e industriais. São Paulo tem um projeto para zoneamento da cidade, iniciado na gestão da prefeita Marta Suplicy e aperfeiçoado com Serra e Kassab, onde essa divisão é estabelecida, ou pelo menos se tenta. Mas como fazer isso, se quem mora em Interlagos é vizinho do Autódromo de Interlagos, um dos mais importantes autródromos do mundo? Vai tirar o Autódromo de lá? Mas pelo menos há a tentativa.

Será que o novo prefeito de Diadema Mário Really (PT) já pensou em fzer algo a respeito?

Vizinhos de uma bomba

Já pensou você morar num bairro comum, residencial, periferia, cheio de gente, casas e etc e tals, e dividir muro de csa com uma bomba? Isso acontecia e acontece em Diadema, em São Paulo. Uma fábrica, depósito ou sabe-se lá o que, explode e espalha fogo por todo o bairro. Acaba com quase um quarteirão. Vários latões com material inflamável explodiram e foram arremessados bairro fora. E vem o advogado da empresa e diz que talvez o fogo "nem tenha começado lá".

Uma série de irresponsabilidades: do advogado, que ao invés de buscra contar os prejuízos e oferecer apoio, ou pelo menos sua presença aos prejudicados, ainda tem a cara de pau de se eximir da culpa. Da empresa, que mantém uma empresa daquele porte, com tanto material perigoso, num espaço fisíco tão pequeno. Mas principalmente da prefeitura de Diadema, que dá licença para uma empresa de materiais tão perigosos funcionar num bairro totalmente residencial, em uma rua de ladeira, onde facilmene um material pode ecsorrer e se espalhar por outras ruas. Os proprietários da empresa diziam se tratar de refino de material de limpeza. E onde está a fiscalização dessa prefeitura que não sabia que lá funcionava uma empresa tão perigosa como essa? Com materiais qúimicos tão fortes, num espaço tão pequeno num bairro tão povoado?

Mas quem conhece Diadema sabe que a Diall Produtos Químicos não é a única empresa em bairro residencial. Basta caminhar pelas ruas da periferia diademense pra se ver diversas indústrias, sempre de materiais pesados ou perigosos, funcionando lado a lado com casas, escolas, comércios pequenos. Ou seja, os diademenses são vizinhos de bombas.

Quando será que vão entender que bairro residencial é residencial? Imagine alguém querer morar na Av. Paulista, aqui em SP! Impossível, pois a Paulista é uma avenida totalmente comercial. Assim deve ser dividida uma cidade, em bairro residenciais, comerciais e industriais. São Paulo tem um projeto para zoneamento da cidade, iniciado na gestão da prefeita Marta Suplicy e aperfeiçoado com Serra e Kassab, onde essa divisão é estabelecida, ou pelo menos se tenta. Mas como fazer isso, se quem mora em Interlagos é vizinho do Autódromo de Interlagos, um dos mais importantes autródromos do mundo? Vai tirar o Autódromo de lá? Mas pelo menos há a tentativa.

Será que o novo prefeito de Diadema Mário Really (PT) já pensou em fzer algo a respeito?

Ser diferente é normal

Algumsa iniciativas são tão bonitas que merecem ser divulgadas. Uma delas é a "Ser Normal é Diferente", do Instituto Meta Social, que escolheu a Sóndrome de Down com o tema de sua campanha. Visando uam igualdade entre todos, o site tem uma ferramenta interessante: envie uma foto sua de frente e em poucos minutos a foto é editada e você pode ter uma idéia de como seria se tivesse a Síndrome. Lógico que ninguém gostaria de ter nascido assim, mas essa iniciativa mostra como os portadores não são diferentes, portanto não podem ser discriminados.
Lembrando: Síndrome de Down não é doença, é um desajuste genético. Portanto, os portadores da Síndrome são pessoas comuns, que merecem e devem ser amadas e atendidas.

Acesse o site do Ser Diferente é Normal e envie sua foto. A minha já está lá.

Ser diferente é normal

Algumsa iniciativas são tão bonitas que merecem ser divulgadas. Uma delas é a "Ser Normal é Diferente", do Instituto Meta Social, que escolheu a Sóndrome de Down com o tema de sua campanha. Visando uam igualdade entre todos, o site tem uma ferramenta interessante: envie uma foto sua de frente e em poucos minutos a foto é editada e você pode ter uma idéia de como seria se tivesse a Síndrome. Lógico que ninguém gostaria de ter nascido assim, mas essa iniciativa mostra como os portadores não são diferentes, portanto não podem ser discriminados.
Lembrando: Síndrome de Down não é doença, é um desajuste genético. Portanto, os portadores da Síndrome são pessoas comuns, que merecem e devem ser amadas e atendidas.

Acesse o site do Ser Diferente é Normal e envie sua foto. A minha já está lá.

Este blog vai sofrer alterações

Aos visitantes do blog NOVAS IDEIAS, deixo um comunicado: aos poucos, este blog sofrerá mudanças bruscas. A principal diz respeito ao assunto do blog que, como consta na apresentação, não tem um assunto específico, falo um pouco de tudo. Porém, reconheço que esse é um meio um tanto confuso de fazer blog, pois blogueiros interessados em política podem chegar aqui e encontrar assuntos de protestantismo, ou vice versa.

Por isso, criarei outros blogs, com o intuito de reunir temas diferentes em blogs específicos.

Este blog, agora chamado de NOVAS IDEIAS, passará a ser chamado de WESLLEY TALAVEIRA, sendo meu blog pessoal, onde farei minhas reflexões e pensamentos.

O NOVAS IDEIAS, que irá para um outro link, será meu blog de política. Aqui discutirei temas de importância no cenário político nacional, como também a administração da subprefeitura do meu bairro. Ou seja, dentro do universo da política, vários assunto serão abordados. Reconheço a necessidade de uma ampla discussão no Brasil, principalmente com uma eleição presidencial próxima e, pela primeira vez dsde 1989, sem a candidatura do Lula. Isso criará discussões acaloradas que podem render resultados interessantes.

Entrevistas com personalidades políticas e opiniões de cidadãos constarão no novo NOVAS IDEIAS.

Outros blogs de religião, TV, música e até quem sabe de publicidade serão criados. A marca de todos será o slogan, que começará sempre com a frase "quem dissse que..." Gradualmente, as postagens aqui feitas sobre assuntos que não sejam de política serão transferidas para os outros. Esses novos blogs ainda não foram criados, mas quando estiverem prontos, avisarei a todos.

Enfim, caminho para uma reforma conceitual não só no blog, mas na minha vida, pois como digo no slogan do blog, "quem disse que só tem um jeito de ver as coisas?

Aguarde!

Este blog vai sofrer alterações

Aos visitantes do blog NOVAS IDEIAS, deixo um comunicado: aos poucos, este blog sofrerá mudanças bruscas. A principal diz respeito ao assunto do blog que, como consta na apresentação, não tem um assunto específico, falo um pouco de tudo. Porém, reconheço que esse é um meio um tanto confuso de fazer blog, pois blogueiros interessados em política podem chegar aqui e encontrar assuntos de protestantismo, ou vice versa.

Por isso, criarei outros blogs, com o intuito de reunir temas diferentes em blogs específicos.

Este blog, agora chamado de NOVAS IDEIAS, passará a ser chamado de WESLLEY TALAVEIRA, sendo meu blog pessoal, onde farei minhas reflexões e pensamentos.

O NOVAS IDEIAS, que irá para um outro link, será meu blog de política. Aqui discutirei temas de importância no cenário político nacional, como também a administração da subprefeitura do meu bairro. Ou seja, dentro do universo da política, vários assunto serão abordados. Reconheço a necessidade de uma ampla discussão no Brasil, principalmente com uma eleição presidencial próxima e, pela primeira vez dsde 1989, sem a candidatura do Lula. Isso criará discussões acaloradas que podem render resultados interessantes.

Entrevistas com personalidades políticas e opiniões de cidadãos constarão no novo NOVAS IDEIAS.

Outros blogs de religião, TV, música e até quem sabe de publicidade serão criados. A marca de todos será o slogan, que começará sempre com a frase "quem dissse que..." Gradualmente, as postagens aqui feitas sobre assuntos que não sejam de política serão transferidas para os outros. Esses novos blogs ainda não foram criados, mas quando estiverem prontos, avisarei a todos.

Enfim, caminho para uma reforma conceitual não só no blog, mas na minha vida, pois como digo no slogan do blog, "quem disse que só tem um jeito de ver as coisas?

Aguarde!

Pág. 1/3

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub