Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Crise?


Parece que a crise econômica passa longe das TVs brasileiras, pelo menos do SBT e principalmente da TV dos Bispos, ou Record, como preferirem.

Na última semana vimos na internet e você acompanhou aqui no Jornal Novas Ideias contratações importantes e milionárias feitas pelas duas vice-líderes de audiência. A TV dos Bispos ofereceu R$ 3 milhões mensais (sim, R$ 3 milhões mensais!!!) a Gugu Liberato, para um programa aos domingos na emissora, além de um programa de entrevistas diário e programa na Record Internacional. O contrato é o segundo maior em valor na história da TV brasileira, atrás apenas de Fauto Silva (que recebe R$ 5 milhões mensais).

Acontece que Record e SBT mantinham um trato - verbal, diga-se de passagem - entre si em que as duas emisoras não fariam assédio ao principais artistas do concorrente. A Record quebrou esse trato contratando o maior faturamento da emissora da Anhanguera, Gugu. Mas, fazendo isso, os bispos cutucaram Silvio Santos com vara curta. O SBT, sentindo-se ofendido, contra-atacou e tirou da TV da Barra Funda o nome de maior credibilidade de lá, contratando o publicitário Roberto Justus, apresentador do programa O Aprendiz, único programa de 100% de qualidade da emissora. Além de Justus, o SBT contrata a apresentadora Eliana, dona das tardes de domingo da Record.

Nisso, os valores dessas contratações chegam ao absurdo: salários milionários que colocam qualquer deputado na condição de assalariado comum. Gugu com R$ 3 milhões, Eliana com R$ 800 mil, e Justus com um salário que não foi divulgado, mas deve ter sido alto o suficiente para fazê-lo assinar contrato com Silvio Santos.

Por mais que os valores sejam altos, o SBT pelo menos tira seu faturamento de si mesmo e das demais empresas do Grupo Slvio Santos (Baú, Tele Sena, Teatro Imprensa e etc). E a Record, que faz subterfúgios inescrupulosos para injetar dinheiro da IURD na emissora? Como? Cobrando valores absurdamente caros pela sua programação da madugada, vendida para a... IURD. Queria sabe quando o MP pretende investigar isso...

E o dinheiro dos fiéis dando aleluia na conta do Brito Jr.

Crise?


Parece que a crise econômica passa longe das TVs brasileiras, pelo menos do SBT e principalmente da TV dos Bispos, ou Record, como preferirem.

Na última semana vimos na internet e você acompanhou aqui no Jornal Novas Ideias contratações importantes e milionárias feitas pelas duas vice-líderes de audiência. A TV dos Bispos ofereceu R$ 3 milhões mensais (sim, R$ 3 milhões mensais!!!) a Gugu Liberato, para um programa aos domingos na emissora, além de um programa de entrevistas diário e programa na Record Internacional. O contrato é o segundo maior em valor na história da TV brasileira, atrás apenas de Fauto Silva (que recebe R$ 5 milhões mensais).

Acontece que Record e SBT mantinham um trato - verbal, diga-se de passagem - entre si em que as duas emisoras não fariam assédio ao principais artistas do concorrente. A Record quebrou esse trato contratando o maior faturamento da emissora da Anhanguera, Gugu. Mas, fazendo isso, os bispos cutucaram Silvio Santos com vara curta. O SBT, sentindo-se ofendido, contra-atacou e tirou da TV da Barra Funda o nome de maior credibilidade de lá, contratando o publicitário Roberto Justus, apresentador do programa O Aprendiz, único programa de 100% de qualidade da emissora. Além de Justus, o SBT contrata a apresentadora Eliana, dona das tardes de domingo da Record.

Nisso, os valores dessas contratações chegam ao absurdo: salários milionários que colocam qualquer deputado na condição de assalariado comum. Gugu com R$ 3 milhões, Eliana com R$ 800 mil, e Justus com um salário que não foi divulgado, mas deve ter sido alto o suficiente para fazê-lo assinar contrato com Silvio Santos.

Por mais que os valores sejam altos, o SBT pelo menos tira seu faturamento de si mesmo e das demais empresas do Grupo Slvio Santos (Baú, Tele Sena, Teatro Imprensa e etc). E a Record, que faz subterfúgios inescrupulosos para injetar dinheiro da IURD na emissora? Como? Cobrando valores absurdamente caros pela sua programação da madugada, vendida para a... IURD. Queria sabe quando o MP pretende investigar isso...

E o dinheiro dos fiéis dando aleluia na conta do Brito Jr.

Michael Jackson: mais um ícone a ser lembrado


Hoje, no Twitter, o Jornal Hoje (Rede Globo) pedia para internautas postarem frases sobre a importância de MIchael Jackson na música. E fiz questão de postar a seguinte frase: Michael Jackson é uma linha divisória na historia da música: qualquer outro que faça sucesso atualmente o será depois dele (Veja em meu Twitter).


Michael Jackson começou cedo, ainda criança no grupo Jackson Five, com seus irmãos. Daí para a fama foi rápido. Despontou como um dos únicos negros a fazer fama num país que ainda tinha a segregação racial forte como os EUA dos anos 60. Criou ritmos, fez moda, lançou coreografias que levavam à loucura, inventou um estilo. Sim, ele tinha seu estilo próprio (coisa tão em falta hoje em dia). Michael Jackson foi único como cantor e é base até hoje de outros grandes nomes.


Independente das polêmicas que o cercaram em sua vida pessoal, é um nome a ser respeitado na música, tanto porque ele era adulto o suficiente pra assumir as consequências de seus atos falhos. E falando em ser repeitado, a Rede Globo tem feito uma cobertura fantástica da carreira de MJ: Nelson Mota, no Jornal Nacional de sexta (26/06) fez uma ótima participação mostrando a história do cantor e Willian Waac, no Jornal da Globo tem tratado MJ com o respeito que ele merece. Coisa fina mesmo!


Deixando de lado as brincadeiras que fiz esses dias (coloquei no meu Messenger que Michael Jackson nos deixou, mas ainda temos Susan Boyle...), é mais um nome importante da música mundial nos deixa: Michael Jackson morre com uma carreira como ninguém teve até hoje. Sai da cena da fama para entrar na galeria dos grandes astros da música mundial, assim como Elvis, Janes Joplin, Bob Marley, e tantos outros.

E a vida continua...

Michael Jackson: mais um ícone a ser lembrado


Hoje, no Twitter, o Jornal Hoje (Rede Globo) pedia para internautas postarem frases sobre a importância de MIchael Jackson na música. E fiz questão de postar a seguinte frase: Michael Jackson é uma linha divisória na historia da música: qualquer outro que faça sucesso atualmente o será depois dele (Veja em meu Twitter).


Michael Jackson começou cedo, ainda criança no grupo Jackson Five, com seus irmãos. Daí para a fama foi rápido. Despontou como um dos únicos negros a fazer fama num país que ainda tinha a segregação racial forte como os EUA dos anos 60. Criou ritmos, fez moda, lançou coreografias que levavam à loucura, inventou um estilo. Sim, ele tinha seu estilo próprio (coisa tão em falta hoje em dia). Michael Jackson foi único como cantor e é base até hoje de outros grandes nomes.


Independente das polêmicas que o cercaram em sua vida pessoal, é um nome a ser respeitado na música, tanto porque ele era adulto o suficiente pra assumir as consequências de seus atos falhos. E falando em ser repeitado, a Rede Globo tem feito uma cobertura fantástica da carreira de MJ: Nelson Mota, no Jornal Nacional de sexta (26/06) fez uma ótima participação mostrando a história do cantor e Willian Waac, no Jornal da Globo tem tratado MJ com o respeito que ele merece. Coisa fina mesmo!


Deixando de lado as brincadeiras que fiz esses dias (coloquei no meu Messenger que Michael Jackson nos deixou, mas ainda temos Susan Boyle...), é mais um nome importante da música mundial nos deixa: Michael Jackson morre com uma carreira como ninguém teve até hoje. Sai da cena da fama para entrar na galeria dos grandes astros da música mundial, assim como Elvis, Janes Joplin, Bob Marley, e tantos outros.

E a vida continua...

007 no Twitter da Trip


Qual Trip Girl daria uma ótima Bonde Girl?



As 3 melhores respostas para a pergunta acima ganharam da Revista Trip o Kit Trip, contendo:
DVDs
+ 007 Um novo dia para morrer
+ 007 Viva e deixe morrer
+ cantil do filme 007 Quantum of Solace
+ assinatura Trip*
+ camiseta Trip**


A promoção foi relizada exclusivamente para os seguidores da @revista_trip no Twitter.

E esse humilde blogueiro que vos posta FOI UM DOS GANHADORES. Veja as respostas que foram premiadas:

wesleytalaveira: @revista_trip Francisca Queiros, com certeza, pois a delicada delegada é a única que pode "domar" o valente brigão Bond

kdumendes: @revista_trip Nenhuma. A pergunta deveria ser a seguinte: Qual Bonde Girl daria uma ótima Trip Girl. As Trip Girls estão 1 nível acima.

brunomassao: @revista_trip Natasha Haydt, afinal, James Bond precisa começar a se envolver com mutantes!
.

007 no Twitter da Trip


Qual Trip Girl daria uma ótima Bonde Girl?



As 3 melhores respostas para a pergunta acima ganharam da Revista Trip o Kit Trip, contendo:
DVDs
+ 007 Um novo dia para morrer
+ 007 Viva e deixe morrer
+ cantil do filme 007 Quantum of Solace
+ assinatura Trip*
+ camiseta Trip**


A promoção foi relizada exclusivamente para os seguidores da @revista_trip no Twitter.

E esse humilde blogueiro que vos posta FOI UM DOS GANHADORES. Veja as respostas que foram premiadas:

wesleytalaveira: @revista_trip Francisca Queiros, com certeza, pois a delicada delegada é a única que pode "domar" o valente brigão Bond

kdumendes: @revista_trip Nenhuma. A pergunta deveria ser a seguinte: Qual Bonde Girl daria uma ótima Trip Girl. As Trip Girls estão 1 nível acima.

brunomassao: @revista_trip Natasha Haydt, afinal, James Bond precisa começar a se envolver com mutantes!
.

O Blog

O Blog Novas Ideias, com mais de 2 anos em atividade, conta com uma média de 3.000 visitas/mês. Tem como objetivo levantar questões sobre assuntos importantes da nossa sociedade, sempre com formas diferentes de olhar as coisas e pontos de vista nem sempre aceitos pela maioria. Um blog que nasceu para questionar o que é tido como certo pelos "intelectuais de plantão", daí o slogan "quem disse que só tem um jeito?"

Com um público diversificado, o Blog Novas Ideias atinge as mais variadas faixas etárias, desde os adolescentes que buscam informação simples e livre de clichês ou imposições, até adultos que sabem que a discussão é o ponto de partida para grandes ideias, as "novas ideias".

Assim, o Blog Novas Ideias existe para trazer uma nova visão, um novo jeito de pensar e ver as coisas, pois "quem disse que só tem um jeito?"

Sobre o Blog



O Blog Novas Ideias, com mais de 2 anos em atividade, conta com uma média de 3.000 visitas/mês. Tem como objetivo levantar questões sobre assuntos importantes da nossa sociedade, sempre com formas diferentes de olhar as coisas e pontos de vista nem sempre aceitos pela maioria. Um blog que nasceu para questionar o que é tido como certo pelos "intelectuais de plantão", daí o slogan "quem disse que só tem um jeito?"

Com um público diversificado, o Blog Novas Ideias atinge as mais variadas faixas etárias, desde os adolescentes que buscam informação simples e livre de clichês ou imposições, até adultos que sabem que a discussão é o ponto de partida para grandes ideias, as "novas ideias".

Assim, o blog Novas Ideias existe para trazer uma nova visão, um novo jeito de pensar e ver as coisas, pois "quem disse que só tem um jeito?"


Perfil dos colaboradores:
Temos atualmente sete colaboradores (Weslley Talaveira, Alvim Dias, Anali, Cesar Leão, Orfeu, Rafael Giorgi e Marcelo Sarpa), todos com o mesmo perfil: tem um senso crítico apurado, e formadores de opinião. Cada um com seu estilo pessoal de escrever, pois valorizamos a forma individual de cada um de se comunicar.

Vem com a gente!!!

Michael Jackson sofre parada cardíaca e morre em Los Angeles aos 50 anos


Michael Jackson sofre parada cardíaca e morre em Los Angeles aos 50 anos

Do site UOL


O cantor e compositor Michael Jackson, 50, morreu na tarde desta quinta-feira (25), após sofrer uma parada cardíaca em sua casa, em Los Angeles. Segundo o jornal "Los Angeles Times", os médicos do hospital da Universidade da Califórnia confirmaram a morte do cantor, que teria chegado ao local em coma profundo.


De acordo com o jornal, Jackson não estava respirando quando os paramédicos chegaram a sua residência, em Holmby Hills, por volta das 12h20 (horário local). Michael recebeu uma massagem cardiopulmonar ainda na ambulância e seguiu direto ao hospital da Universidade da Califórnia, que fica a dois minutos da casa do cantor.


O cantor se preparava para uma série de 50 shows em Londres, que começaria em 13 de julho.


A temporada de apresentações, intitulada "This Is It", estava originalmente marcada para começar no dia 8 de julho, mas foi adiada pelos organizadores em cinco dias por questões de logística.


Os adiamentos alimentaram as especulações de que Jackson estaria com problemas de saúde. Segundo a agência de notícias EFE, o presidente da produtora da turnê, Randy Phillips, avisou que o adiamento não teria "absolutamente nada a ver com a saúde" do cantor. Em dezembro do ano passado, o jornal sensacionalista "The Sun" publicou que Michael Jackson estaria com câncer de pele, mas a informação foi negada no mesmo dia.


Colocados à venda em março, os ingressos para as apresentações de Michael Jackson em Londres se esgotaram em apenas cinco horas. De acordo com cálculos da revista norte-americana "Billboard", os shows poderiam render mais de US$ 50 milhões ao cantor.


Cantores brasileiros lamentam morte de Michael Jacson

"Fiquei muito triste com a notícia. O Michael Jackson fez parte da minha infância e foi um dos meus grandes ídolos. Na minha opinião seu talento musical era indiscutível. Penso que ele é como uma lenda: imortal vai ficar para sempre na história."
Sandy, 26, cantora


"Foi o maior artista do mundo, o mais completo e talentoso. Ele me impressionava em tudo que fazia. Tenho muita coisa sobre ele e aprendi com ele. Li uma biografia dele que me ajudou a entender o fenômeno que foi. Os clipes dele me impressionavam e às vezes, me assustavam".
Claudia Leitte, cantora


"Ele foi um dos maiores marcos da história da música. Pai de toda geração pop da atualidade. Fiquei muito triste. Espero que ele descanse em paz."
Junior Lima, 25, cantor


"Lamento que um talento tão grande, tão incrível vá embora tão cedo -um talento que proporcionou grandes momentos. Vou sentir saudade do rei do pop."
Gilberto Gil, 67, cantor e compositor


"A primeira coisa que me lembro quando falo de Michael Jackson é de "Thriller", o grande disco de Michael Jackson, quando comecei tocar nas pistas, em 1982. Na minha opinião, Michael foi um cara importantíssimo não só dentro da música negra mas também ícone da música pop. Apesar dos altos e baixos de sua carreira, sua obra justifica seu talento."
Kid Vinil, 54, músico


"Michael Jackson foi tudo pra mim. Uma referência importante desde as músicas do ínicio da carreira como "Ben" e "I'll be There" até um sucessos como "Billie Jean" que canto no meu show. Era um cara assim, onde tudo se encaixava, era tudo nato, cantava e dancava divinamente e não pensava no marketing. Era um artista completo."
Daúde, 47, cantora


"Michael Jackson teve importância tanto no Jackson Five como em sua carreira como artista individual. Agora, longe de polêmicas, sua música vai sobreviver assim como a música Elvis Presley, Frank Sinatra, Ray Charles, Bob Marley... Ele ajudou a música do Olodum, da Bahia e do Brasil com a divulgação do clipe "They Dont Care About Us". Esse clipe passou em 181 países do mundo e foi visto por cerca de 5 bilhões de pessoas. Dificilmente um artista brasileiro vai conseguir dar essa visibilidade ao Brasil nos próximos 20 anos."
João Jorge, presidente do Olodum que esteve com Michael Jackson na gravação do clipe de "They Don't Care About Us"


"Jesus convidou o maior astro da cultura musical e de entretenimento mundial que ele mesmo criou pra cantar no céu. Acho que agora Michael Jackson descansará em paz."
Alexandre Pires, cantor


Trajetória de Michael Jackson

Michael Joseph Jackson nasceu em 29 de agosto de 1958 em Gary, Indiana. Quinto filho do metalúrgico Joe Jackson, Michael mostrou seu talento para a música e para a dança muito cedo. Ele começou sua carreira nos anos 60, aos cinco anos, com o grupo Jackson 5, formado também pelos seus quatro irmãos mais velhos. Desde a pré-adolescência, quando a banda lançou os primeiros discos, o cantor se tornou uma das figuras mais conhecidas e adoradas da música norte-americana.


O estouro solo veio em 1979, com o quinto disco dele, "Off The Wall", que, graças a uma empolgante e original mistura de disco, funk e pop, abriu caminho para o que o cantor viria a se transformar nos anos seguintes.


Na década de 1980 lançou dois de seus melhores discos, "Thriller", de 1982, e "Bad", de 1987, e consolidou a posição de superastro. Foi aí também que surgiu a imagem de um artista de hábitos e atitudes cada vez mais estranhos. É o exemplo perfeito de criança-prodígio que, cada vez mais famosa e idolatrada, acaba por criar um mundo próprio distante da realidade.


Ao mesmo tempo em que batia recordes de vendas com "Thriller" --que segundo o livro "Guiness" vendeu entre 55 milhões (segundo a gravadora Sony e a associação de gravadoras dos EUA) e mais de 100 milhões de cópias (de acordo com empresários do cantor)--, colocava sucesso atrás de sucesso nos primeiros lugares das paradas e lançava moda entre os adolescentes de todo o mundo com suas roupas e coreografias, em especial o "moonwalk".


Mas Michael era motivo de especulações pela sua postura infantilóide, modificações profundas em seu rosto e branqueamento de sua pele. Nos anos 80, dizia-se até que o cantor dormia em uma câmara hiperbárica para retardar o envelhecimento.


A partir do início dos anos 90, os fatos sobre sua vida particular já chamavam muito mais atenção do que sua música --que, diga-se, nunca mais repetiu a genialidade da trilogia "Off The Wall", Thriller" e "Bad". Por mais que lançasse discos de modo superlativo, como o fez com "Dangerous", em 1991, o que atraía o público eram as histórias sobre o megalômano rancho Neverland, na Califórnia, e a preferência do cantor por estar sempre acompanhado de crianças, entre elas o então ator mirim Macaulay Culkin, astro do filme "Esqueceram de Mim".


Foi na década de 90 que surgiu o caso que abalaria a carreira e a vida de Jackson. Em 1993, o cantor foi acusado de ter molestado sexualmente um menor de idade. Segundo relatos da época, Jackson fez um acordo milionário com a família da suposta vítima fora dos tribunais em 1995. Nos anos seguintes, se casaria com a filha de Elvis Presley, Lisa Marie, e com a enfermeira Debbie Rowe, mãe de dois de seus três filhos. O cantor se apresentou ao vivo no Brasil em 1993 e voltou ao país em 1996 para gravar o clipe da canção "They Don't Care About Us" no Rio de Janeiro e na Bahia com o grupo Olodum.


Sem lançar disco desde 2001, quando gravou "Invincible", nos últimos anos Jackson foi notícia graças ao julgamento pelo qual passou entre 2004 e 2005, também acusado de ter molestado um menor em 2003. Absolvido das dez acusações, logo após o julgamento o cantor passou por uma temporada de exílio no Barein, como convidado da família real do país. Em reconhecimento a sua carreira, em 2002 foi eleito o artista do século pela premiação American Music Awards.


Michael reeditou em 2008 o clássico "Thriller", que traz a participações de nomes atuais como Will.i.am e Akon, e colocou uma nova compilação nas lojas, "King of Pop". Em março de 2009, anunciou sua volta aos palcos com uma temporada de 50 shows em Londres, que começaria em 13 de julho e seguiria até fevereiro de 2010.


A demanda pelos shows foi tão grande que dezenas de apresentações extras foram acrescentadas, ao mesmo tempo em que centenas de ingressos surgiram em sites de leilão online como o eBay, em meio a críticas à maneira como as vendas estão sendo feitas. Segundo cálculos da Billboard, o cantor poderia levar para casa mais de 50 milhões de dólares com os shows.


Em maio deste ano, surgiu também um boato de que Jackson estaria sofrendo câncer de pele. Segundo o The Sun, os médicos haviam diagnosticado sinais da doença em seu corpo e células que poderiam provocar câncer de pele no rosto, mas a notícia foi desmentida logo em seguida.


Uma produtora de shows norte-americana queria proibir que Michael Jackson voltasse aos palcos e ameaçava seu retorno. A AllGood Entertainment Inc, de Nova Jersey, alegava que tinha contrato com o cantor para que ele não se apresentasse até 2010. Os assessores do artista, no entanto, não se preocuparam com a possibilidade de uma ação judicial que criasse obstáculos aos shows.


Jackson ainda é o "Rei do Pop" para sua legião de fãs, apesar de seu comportamento e de sua aparência por vezes bizarros nos últimos anos. Ele já vendeu em torno de 750 milhões de discos, ganhou 13 Grammy e é visto como um dos maiores artistas pop de todos os tempos.

A homogeneização que vem de Jesus

Postado por Géssica, do blog GFlorees


Desde que eu me denomino cristã, existe a famosa rivalidade: Jesus x Religião. Mas,

O que é a religião?

É ela que nos leva a Deus?

Ela é o caminho verdadeiro e único de Salvação?

É a base de uma vida reta ?



Qual será a verdadeira igreja de Jesus Cristo?

Onde será que Ele escolheria estar, se vivesse hoje?

Será que Ele teria um programa de Tv?

Quem são os membros da igreja real de Jesus?


Bom, não quero confrontar ninguém, nenhuma denominação, nenhum pastor e nenhuma “religião”. Mesmo porque acho que meus textos não afetam tanto, e nem se repercutem na internet em grande escala. Só quero, por meio desse pequeno texto, escrever algo que tire a idéia de que ser cristão é esse freak show que vemos hoje.

Tentarei responder as perguntas que eu fiz no começo do texto, de acordo com a minha vida e convivência com o amor de Jesus.

Pra mim, hoje, a religião não une o homem a Deus, pelo contrário, ela afasta, coloca barreiras, tópicos e regras para a vida, que deveria ser entregue de maneira simples e direta, a Jesus. Ela manifesta nas pessoas o orgulho e a vontade de ser visto dentro da comunidade. Pessoas tentam se mostrar mais espirituais de acordo com a religiosidade e o julgamento que faz das demais pessoas, pecadoras por natureza, como a bíblia afirma que TODOS somos. A Religião não admite erros. Se você não é igual a mim, que sou o líder dessa congregação, você está errado. Para a religião existem pessoas boas e más. As boas, é claro, são aquelas que estão na minha igreja, e as más, o restante do mundo. A Religião coloca patamares de convivência com Deus. Só os pastores e padres ungidos pelo Espírito Santo, tem livre acesso a Deus, o resto dos meros mortais, tem que agendar hora para ter uma oração abençoada. Enquanto a bíblia, diz que Jesus veio pra rasgar o véu que separava as pessoas de Deus. Nada leva a Deus senão Jesus. Ele é o CAMINHO, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai, senão por Ele. (Atos 4:12) “E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos”. E muitas vezes, você não encontra Jesus nas manifestações de religiosidade das igrejas de hoje em dia. Você pode achar que eu estou sendo radical. Mas te desafio, assista qualquer um desses programas de TV que promovem a cura e a salvação, e conte quantas vezes a tal “cura” é atribuída a Jesus e não a igreja blá blá blá. A base de uma vida reta é Jesus. E ninguém mais. E nenhuma placa e nem nome. Jesus nos basta. Ele não divide, igrejas, placas, nome e cargos. Ele nivela, Ele mistura, Ele não faz separação de Santos e pecadores. Todos somos seres humanos. E nós criamos a religião. Porque então, algo criado por seres tão falhos, seria perfeito?

Entenda que aqui, eu não estou indo contra as nomenclaturas: católicos, protestantes, evangélicos do terceiro mundo (etc). Estou indo contra as pessoas que deixam Jesus de lado, para viver no circo que é a religiosidade.

A verdadeira igreja de Jesus Cristo, é invisível, embora esteja em todos os lugares. Ela é viva, moderna e cheia de perguntas. A igreja se apresenta através da obediência,
santidade, fidelidade e submissão total a Cristo. A igreja é escolhida e preparada. Se Jesus, estivesse aqui hoje, Ele estaria no meio dos pobres, dos famintos, das pessoas que nos negamos ver. Ele estaria convertendo corações e espalhando o amor. Curaria pessoas e não se preocuparia com fama e reputação. Fugiria dos holofotes e dos números. Não subiria em um púlpito para pedir dizimo, e não daria entrevistas sobre os milagres que Ele fez. Não separaria os bons e os maus, e sim os pecadores arrependidos e não arrependidos. Trabalharia em silencio. Sua igreja é formada por aqueles que aceitam Cristo como Salvador. Aqueles que entendem que tem uma responsabilidade social e que devem cuidar do próximo.

“Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida e possam entrar na cidade pelas portas”. Apocalipse 22:14





Géssica Flores é administradora do blog GFlorees e membro da Igreja Vineyard Café, em Mogi das Cruzes - SP.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub