Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Condenados duas vezes!



Weslley Talaveira - De um lado do ringue uma mãe que chora a morte da filha. Do outro lado um casal que tenta a todo custo provar inocência. Assim pode ser definida toda a história que envolveu o Caso Isabella, que chocou o país durante todos esses 2 anos e principalmente nessa semana.

Sim, o caso rendeu conteúdo para todo o tipo de programas de TV, que convidaram "especialistas" para "discutirem o caso", ou seja, formaram mais uma vez a opinião do brasileiro. E nossa mídia conseguiu isso de maneira majestosa: conseguiu pintar Alexandre Nardoni e Anna Jatobá como culpados muito antes de sair o julgamento.

Mas eis que o julgamento saiu. E são realmente culpados, na visão do júri e do Juiz Marcelo Frossen, que os condenou a 31 anos de prisão, para Alexandre Nardoni, e 26 anos para Anna Jatobá. Lógico que esse tempo de prisão não será cumprido integralmente, pois ninguém no Brasil que tenha dinheiro para pagar um bom advogado cumpre integralmente uma sentença, mas a imagem que essa condenação causa é boa: temos a impressão de que foi feita justiça. Justiça aclamada pela mídia, que precisava de conteúdo para suas matérias.

Sim, muito antes do julgamento esse casal já havia sido julgado. Julgado por pessoas que nem sequer leram as reportagens nas quais basearam suas opiniões. Mesmo que tivessem sido absolvidos pelo júri, seria muito difícil, quase impossível uma vivência pacífica aqui fora. Eles foram condenados duas vezes: pela opinião pública e pela Justiça.



Não, não estou defendendo o casal. Mesmo sem dar muito crédito ao show de perícias & derivados, a versão da defesa ficou tão insutentável que num momento o próprio advogado Roberto Podval parecia não ter mais tanta certeza da inocência dos seus clientes. Não era preciso acompanhar tão de perto para perceber que não havia qualquer possibilidade de eles não terem sido os responsáveis pela morte de Isabella Nardoni. O que critico foi o show de egos que esse julgamento trouxe. A avó materna chegou a fazer pose para as câmeras jogando beijinhos, a mesma avó que queria a todo custo que a mãe de Isabella abortasse a criança, quando da gravidez de Ana Carolina de Oliveira. A Polícia paulista tentou a todo custo limpar sua imagem de polícia despreparada, através de uma investigação tendenciosa. Isso tudo sem falar na multidão de trogloditas que atrapalharam o trânsito no bairro de Santana durante todos esses dias, com gritos, xingamentos e até mesmo agressões físicas, além das "manifestações de carinho e identificação" que, além de beirar o ridículo, mais pareciam terem sido feitas unicamente com o objetivo de serem filmados por alguma câmera de TV; nem mesmo uma tragédia do tamanho da morte de uma criança tira das pessoas o desejo de ter seus 5 minutos de fama.



Bom e vamos lá, porque ainda tem muita coisa pra acontecer nesse país. Aliás, que país é esse?

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub