Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Marina (@silva_marina) e os homossexuais




@wesleytalaveira - Pronto, acabou o #mimimi que muita gente vinha fazendo em torno da candidata Marina Silva (PV-AC) à presidência sobre o homossexualismo. Por ser cristã evangélica e ter formação católica, aparentemente Marina conflitava com a ideologia do PV, que é conhecido em todo o mundo - o Green Party - por defender temas como a liberação do aborto, o casamento entre pessoas do mesmo sexo e outros. Muita gente a chamava de atrasada, dizia que ela colocava em risco o Estado laico, e etc. Cheguei a ver uma pessoa no twitter afirmar que não votaria na Marina porque "não vota em criacionistas".

Mas numa entrevista ao portal Terra, Marina explicou sua posição sobre a união homossexual: afirmou ser totalmente a favor das lutas dos gays pelos seus direitos: “É um direito (a união civil de bens) que as pessoas têm. Se as pessoas têm um patrimônio junto, por que não podem usufruir desse patrimônio? Se têm uma união estável, por que não podem ser beneficiários do mesmo plano de saúde?”, indagou Marina para na sequência declarar seu apoio à reivindicação do movimento LGBT. Marina vem afirmando já a um tempo que pensa que duas pessoas do mesmo sexo que desejam construir vida juntas não podem ser impedidas por nenhum Estado, forma de pensamento ou religião. Marina diferenciou a união civil do casamento. Na crença pessoal dela, o casamento é um "sacramento", uma instituição totalmente religiosa, onde não caberia uma união homossexual. Mas faz questão de deixar claro: essa é a opinião pessoal DELA como cidadã, como civil, o que não interfere em nada na ideologia do partido ou nas discussões que vem sendo levantadas pelo país.

Diferente de muita gente que muda de opinião conforme a conveniência, Marina mostrou que mantém-se firme em sua crença, mas com a cabeça aberta o suficiente para entender quem pensa diferente e apoiar a luta pelos direitos. Marina garante que sua religião não será nunca usada para cercear a liberdade dos que pensam diferente, muito menos para fazer proselitismo religioso no governo. Talvez seja por isso que, mesmo sendo evangélica, vem ganhando apoio de vários grupos específicos, entre eles a comunidade gay - tenho amigos gays que declararam voto na Marina - , além de gente de tribos segmentadas, os "moderninhos", como disse uma reportagem da Veja.

Marina deixou muito claro como quer ser vista pelo movimento gay: “Prefiro que o movimento gay olhe para mim e diga que a Marina nesse aspecto (conceito de casamento) não pensa igual a mim”, ou seja, são apenas formas diferentes de ver o conceito de casamento, o que não interferirá em qualquer decisão política.

Acho que o brasileiro já é maduro o suficiente paea entender isso... Espero!

Além do mais: alguém já perguntou a opinião dos outros candidatos sobre esse assunto?

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub