Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

O Brasil verdadeiro


@wesleytalaveira - Fico pensando o que Gonzaguinha diria ao ver as chuvas que estão arrasando com parte do nordeste. A belíssima música que fala da "terra ardendo qual fogueira de São João" perde sentido diante do que temos visto em cidades como União dos Palmares e Branquinha, em Alagoas. Depois de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, o nordeste é agora o palco de tragédias causadas pelo excesso de chuva. Gente que ja está acostumada a viver com pouquíssimo viu seu pouco ir embora com a água. E o que causa tanta chuva? Aquecimento global? Não sei, pois desde há muitos anos se ouve falar em catástrofes desse tamanho.

Na verdade, esse povo que sofre com pobreza, tragédias, faz parte do Brasil verdadeiro, o Brasil que não aparece nas pomposas propagandas políticas da TV nem nas reuniões do G20, G8, Fóruns Internacionais e etc. Catástrofes como a do nordeste mostram uma ferida aberta que o governo tenta a todo custo disfarçar: um Brasil que não está tão bom como mostram, como falam. Um Brasil onde os altos números do PIB e as boas rentabilidades da BOVESPA não dizem nada. O Brasil que aparece nas catástrofes é o que todo mundo tenta colocar debaixo do tapete, é a ferida que se tenta esconder com curativo. Esse é o verdadeiro país, que existe por baixo do curativo dos números.

Esse é o Brasil verdadeiro, abandonado, o Brasil sertanejo que ainda vive debaixo da ditadura de Renan e Sarney, o Brasil de gente que só é lembrado em ano de eleição por lobos devoradores que trocam saco de farinha por um botão verde na urna, na mais moderna versão do escambo colonizador.


O Brasil verdadeiro é o da gente que não sabe que existem direitos humanos, códigos de defesa do Consumidor, Direitos Universais da Criança e do adolescente, Estatuto da Igualdade Racial, Lei de Proteção ao Idoso, Lei Maria da Penha, Previdência Social nem nada disso. Gente que vive da própria lei, a lei da sobrevivência, onde os mais espertos vivem e os bobos sobrevivem. Gente que vive da própria justiça, feita muitas vezes com as próprias mãos.

Muitos migraram para a classe média? Sim, mas ainda é pouco diante de um país grande como esse e que tem a miséria enraizada em sua história. Percebe-se que passam os anos, mudam os governos e o Brasil muda pouco. Sim, muda pouco. Os miseráveis desse país continuam a viver como refugiados, à própria sorte, sem saber o que é ser atendido por um hospital decente - muitas vezes não sabem nem o que é ser atendido por um hospital, enquanto as propagandas mostram modernas ambulâncias levando supostos atendidos a hospitais super modernos.


Esse é o Brasil que os candidatos governistas vão esconder, e os oposicionistas vão mostrar nas eleições, mas que depois de outubro passa a ser esquecido tanto por quem ganha como por quem perde. Quem ganha comemora a vitória com muita festa regada às melhores bebidas e a melhor comida ao lado dos aliados que não veem a hora de ganhar uma boquinha na administração pública, e quem perde vai para sua casa luxuosa, esperar pela próxima eleição, pra começar tudo de novo.

Enquanto isso, o Brasil verdadeiro tenta juntas os cacos de tijolos para também começar tudo de novo.

Pronto, desabafei!

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub