Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Blog Novas Ideias

Quem disse que só tem um jeito?

Violência contra a mulher TAMBÉM não é acidente


Até quando vamos ver as mulheres brasileiras MORRENDO nas mãos de homens truculentos que as usam como simples objeto de posse? Quantas mulheres precisarão morrer para que algo seja revisto na insignificante e ridícula Lei Maria da Penha? 

Já que não podemos contar muito com a Lei, que é fraca e impune, que possamos contar com a conscientização. Se você é homem pense que a violência nunca resolve nada e que a mulher que vive com você é um ser vivo, pensante, com vontades e opiniões próprias. Por isso não a use como seu objeto pessoal e entenda quando ela pensar diferente de você. Não dá mais para manter o relacionamento? Desista e procure outra. É melhor sair de um relacionamento de cabeça erguida do que levá-lo ao fim e ser preso de cabeça baixa. Existem N mulheres nesse mundo, com alguma você irá se identificar. Mas não faça da mulher que vive com você um ser amedrontado, que treme e se arrepia só de ouvir sua voz. É isso que você quer ao seu lado o resto de sua vida? Uma pessoa com medo de você?

Se você é mulher não tenha medo. Denuncie. Não aceite maus-tratos. Não há nada nesse mundo que justifique uma agressão contra você. Não há traição, roupas provocantes, paqueras ou qualquer coisa que seja motivo para que um homem levante a mão contra você. É sua dignidade em jogo. É sua vida. Não aceite. Proteste ao primeiro sinal de violência que ele mostrar, mesmo que seja no namoro. Se a situação se tornar insustentável encerre e vá para outra. É melhor sair de um relacionamento com o coração quebrado,  mas a vida intacta. 

Se você conhece uma família onde a mulher é agredida denuncie. Se a Lei é fraca pior ainda é não contar com nada. Chame a Polícia. Faça B.O. Acompanhe o caso. Envolva-se. Poderia ser alguém de sua família. É da sua conta sim!

Quem sabe um dia isso acabe?

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub